Organizadores de projetos e eventos culturais, turísticos e esportivos têm até o dia 15 de dezembro para se inscreverem no calendário de eventos do Programa “Rio de Janeiro a Janeiro”. A campanha tem como objetivos gerar emprego, atrair investimentos, fomentar inclusão social e manter atitudes sustentáveis no estado. A ação faz parte de uma parceria entre Ministério do Turismo e Ministério da Cultura, com apoio da Fundação Getúlio Vargas, e governo e prefeitura do Rio de Janeiro.

Rio de Janeiro (RJ). Crédito: Fernando Maia
Rio de Janeiro (RJ). Crédito: Fernando Maia

Se selecionado, o inscrito fará parte das ações oficiais em 2018, além de receber recursos financeiros para a promoção dos eventos. As inscrições são feitas por meio do site do Programa, com o preenchimento da ficha de inscrição e do formulário online. Para validar o cadastro, o interessado deve fazer upload da ficha no sistema. Ainda há opção de incluir materiais complementares, como apresentação e book do projeto, por exemplo.

Serão contemplados projetos que tenham como premissa o potencial de impacto socioeconômico para o Rio de Janeiro. Para isso, os eventos devem impactar o turismo do estado, trazendo turistas de outras regiões; angariar investimentos financeiros para a capital e ou/ cidades fluminenses; gerar postos de trabalho e renda direta e indireta; promover inclusão social durante a organização e realização; e ser um projeto que esteja de acordo com os preceitos da sustentabilidade e que possa continuar sendo executado posteriormente.

A análise dos projetos será feita pela Fundação Getulio Vargas (FGV), parceria do Governo Federal, que já aprovou 100 eventos escolhidos a partir de um estudo, sendo 20 deles considerados inéditos. O calendário foi lançado em setembro deste ano e as inscrições de novos projetos começaram em 16 de novembro. “O Rio de Janeiro é o portão de entrada do Brasil e estamos comprometidos para apoiar o estado na atração de mais turistas”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Os eventos que compõem o Programa começam na virada do ano e continuam ao longo de 2018. A expectativa é que o “Rio de Janeiro a Janeiro” atraia 20% a mais de turistas no ano que vem, gerando 170 mil empregos e injetando R$ 6 bilhões na economia do estado. A medida auxiliará na revitalização da cidade e do estado que foram atingidos recentemente por uma grave crise socioeconômica.

Agência de Notícias de Turismo

2 0
Escreva seu comentário

Escreva seu comentário







Notificar sobre as respostas
Uso de cookies: Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar la experiencia de navegación, y ofrecer contenidos y publicidad de interés. Al continuar con la navegación entendemos que se acepta nuestra política de cookies.X
noticia 163100_prazo-inscrever-projetos-no-calendario-do-rio-janeiro-janeiro-termina-esse-mes.html 3 91919 00