O Secretário de Turismo de Pernambuco, Felipe Carreras, defendeu o Projeto de Resolução do Senado (PRS 55/2015) que reduz o teto da alíquota de ICMS nos abastecimentos de voos domésticos a 12% em todos os Estados do país. Atualmente a aplicação do tributo acontece em alíquotas que vão de 3% a 25% conforme a definição de cada UF. Durante evento realizado na última quarta-feira (4/10) na Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em Brasília, o secretário compartilhou a experiência do incremento de novos voos após a celebração de acordos específicos com companhias aéreas.

Secretário de Turismo de PE defende redução do ICMS sobre o combustível dos aviões

 

“O Estado sofreu fortemente com a crise e tivemos que buscar alternativas na indústria do turismo. Temos um estado vocacionado para isso, com ótima localização geográfica, mas que precisava de maior conectividade. Hoje, pela primeira vez, passamos a Bahia em número de destinos diretos”, disse o secretário.

Segundo Carreras, os incentivos fiscais são fundamentais. “Com o ganho de novos voos também houve aumento do abastecimento dessas aeronaves aqui no Estado, além de termos multiplicado as ofertas de destino”.

Além do reforço da conectividade doméstica, o secretário anunciou a criação de três novos voos internacionais partindo do Estado. Ao todo, como resultado do movimento, o Estado contabilizou 15 nos voos domésticos e internacionais.

Da Agência de Notícias Abear 

4 0

Sem comentários estão habilitados sobre esta notícia ou notícia velha.

Uso de cookies: Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar la experiencia de navegación, y ofrecer contenidos y publicidad de interés. Al continuar con la navegación entendemos que se acepta nuestra política de cookies.X
noticia 145400_secretario-turismo-pe-defende-reducao-do-icms-combustivel-dos-avioes.html 3 91749 00