O dia 8 de março foi instituído a partir de uma série de reivindicações das mulheres por melhores condições de trabalho e direitos sociais e políticos, que tiveram início na segunda metade do século XIX. Ainda nos dias de hoje, as mulheres têm diversas lutas. Uma delas é a busca por espaço no mundo corporativo e por igualdade salarial com homens.
O Hosteltur Brasil selecionou algumas celebridades femininas do turismo para um papo sobre dificuldades e perspectivas.

Confira:

Qual o papel da mulher no turismo? Que recado você mandaria para as autoridades?

Mariana Aldrigui, Doutora em turismo urbano, professora e pesquisadora da Usp

1 - Qual a principal dificuldade da mulher nos dias de hoje?
Conseguir manter o feminino presente, sem se render às posturas masculinas - roupas, palavras -, e ser respeitada por isso. Ser respeitada por escolher ser mãe, por ser sensível, emotiva, acolhedora do outro. E não ser rotulada por ser mulher.

2 - Qual o papel da mulher no turismo?
No turismo e, em qualquer outro setor, somos metade. A sociedade tem homens, mulheres, gays, lésbicas, transsexuais e as empresas devem ser a representação desta sociedade. O envolvimento de mulheres em todas as esferas garante atenção a detalhes profissionais naturalmente hábeis para multitarefas, cuidado, acolhimento e respeito.

3 - Que mulher você admira no trade? 
Várias. Minha grande professora foi e segue sendo a Lúcia Mello (ex-Slaviero); bato palmas e levanto os cartazes para a Magda Nassar (Braztoa); sou constantemente desafiada pela inteligência da Flavia Matos (Airbnb); e pela criatividade da Trícia Neves (Mapie). Aprendo com todas as mulheres, mesmo quando elas acham que não estãoo ensinando nada e sou muito grata à Heloisa Prass, Cassia Mazella, Mônica Leone, Elisa Araújo, e muitas outras, aqui no Brasil e fora também. 

4 - Qual a sua perspectiva para o setor?
Sou otimista com o setor, mas pessimista com quem ocupa as principais cadeiras. E nao é por serem homens, mas por serem corporativistas, descaradamente machistas e com um pensamento muito arcaico sobre o que deve ser de fato alvo de preocupação.

5 - Que recado mandaria para as autoridades?
Meu recado é quase sempre o mesmo: parem de repetir histórias antigas e passadas. Ousem olhar para os lados e para a frente. Há muita coisa que nos inspira a ser melhor. Defender ideias antigas é tao 1960... 

Qual o papel da mulher no turismo? Que recado você mandaria para as autoridades?

Magda Nassar, presidente da Braztoa

1 - Qual a principal dificuldade da mulher nos dias de hoje?
Principal dificuldade da mulher hoje é encontrar um dia com mais de 24h.

2 - Qual o papel da mulher no turismo?
A mulher é a grande protagonista no turismo desde o planejamento até a consultoria. A força feminina alavanca todas as engrenagens do setor. Temos grandes empresárias. 

3 - Que mulher você admira no trade? 
São muitas. Todas muito competentes e protagonistas. Elenco aqui a Sheila Nassar, CEO da Vertebratta – Representante do Canadian Tourism Comission no Brasil, como um exemplo de profissionalismo e comprometimento, em nome de todas as mulheres.

4 - Qual a sua perspectiva para o setor?
O ano de 2017 tem se mostrado um ano de retomadas e o turismo é um setor com muito ainda a se desenvolver em nosso País.

5 - Que recado mandaria para as autoridades?
A nossa classe política começou a despertar lentamente para as infinitas possibilidades e riquezas que o turismo pode trazer. Nossa expectativa e esperança é que esse despertar seja célere e que finalmente o Brasil entenda a importância econômica e social do que fazemos.

Qual o papel da mulher no turismo? Que recado você mandaria para as autoridades?


Mônica Samia, diretora executiva da Braztoa

1 - Qual a principal dificuldade da mulher nos dias de hoje?
As mulheres estão em constante busca por seu espaço, por reconhecimento e por respeito. A maior luta, a maior bandeira que levantamos é a igualdade nas oportunidades e reconhecimento.

2 - Qual o papel da mulher no turismo?
O papel da mulher é de muito trabalho, sempre. Proatividade, sensibilidade, jogo de cintura, criatividade e comprometimento são muito importantes para o desenvolvimento do setor, cujo trabalho envolve, além de produtos, pessoas. Essas ferramentas não são exclusivas das mulheres, mas as usamos no dia a dia com bastante habilidade.

3 - Que mulher você admira no trade? 
Temos inúmeras atuando em muitas áreas: operadoras, agências, meios de hospedagem, representação, transportes, associações, instituições, imprensa, artesanato, restaurantes, em atrativos diversos. As mulheres que conseguem se destacar no trade ainda são poucas. Por isso, não vou me limitar a uma. Admiro todas as que estão fazendo história no seu trabalho diário, conquistando seu espaço, dando seu toque, contribuindo com suas ideias, compartilhando seu conhecimento e assim construindo um caminho sólido e profissional. 

4 - Qual a sua perspectiva para o setor?
Estamos trabalhando com o pensamento de um ano de retomada. As empresas estão planejando seus negócios e criando estratégias para que os próximos anos tragam desenvolvimento e sucesso para o setor de turismo. De um lado, são muitas pessoas com intenção de viajar e, de outro, profissionais altamente qualificados para proporcionar as melhores experiências. 

5 - Que recado mandaria para as autoridades?
Que vejam a importância do turismo para a retomada da economia, que haja vontade política e que suas portas estejam abertas para nossos debates e pleitos. Queremos trabalhar juntos para o desenvolvimento sustentável do país, pelo turismo.

Qual o papel da mulher no turismo? Que recado você mandaria para as autoridades?

Fernanda Dominicis

1 - Qual a principal dificuldade da mulher nos dias de hoje?
Conciliar o tempo entre trabalho, casa e qualidade de vida.

2 - Qual o papel da mulher no turismo?
Acredito que as mulheres possam conseguir um espaço maior e mostrar que, assim como os homens, elas têm papel fundamental no desenvolvimento do turismo no país e no mundo.

3 - Que mulher você admira no trade?
Estela Farina. Trabalhamos juntas no passado e ela sempre se mostrou uma mulher de fibra, determinada e mesmo nas adversidades sempre buscou alternativas para driblar dificuldades e tirar o melhor de cada situação.

4 - Qual a sua perspectiva para o setor?
Espero mesmo que tenhamos uma recuperação da economia e com a baixa do dólar que o mercado volte a prosperar como no passado próximo.

5 - Que recado mandaria para as autoridades?
É muito triste ver o setor assim. Eu mesmo estou há oito meses fora do mercado em busca de uma oportunidade, adoraria voltar para o turismo, sou formada em mkt mas turismo é a minha paixão.

Qual o papel da mulher no turismo? Que recado você mandaria para as autoridades?

Mônica Paixão, Diretora Geral do Le Canton

1 - Qual a principal dificuldade da mulher nos dias de hoje?

A conciliação de tempo entre trabalho, família e cuidados pessoais.

2 - Qual o papel da mulher no turismo?
A mulher no turismo, como em qualquer outra área, tem o papel de se mostrar uma boa gestora, aprimorando seus conhecimentos e liderando a equipe, sempre da melhor forma, para que haja sempre um ambiente adequado e organizado.

3 - Que mulher você admira no trade? 
Admiro muito a Jeanine Pires, que sempre levantou a bandeira do turismo em todo o mundo, efetivamente representando o nosso país.

4 - Qual a sua perspectiva para o setor?
O turismo nacional tem estado em alta, com isso o brasileiro tem viajado e explorado o próprio país, de forma que, apesar da crise, o mercado continuou em movimento.

5 - Que recado mandaria para as autoridades?

Precisamos urgentemente de pessoas honestas, para que nosso país possa se reerguer.

Gisele Torrano, diretora de vendas na Meliá Hotels International

1 - Qual a principal dificuldade da mulher nos dias de hoje?
A mulher ainda a questão machismo. Tem também a conciliação da agenda pessoal e da agenda profissional, pois na nossa área temos muitos eventos e viagens.

2 - Qual o papel da mulher no turismo?
Por possuir inteligência emocional mais apurada, a mulher tem maior facilidade para lidar com a prestação serviço e o entedimemto ao cliente. 

3 - Que mulher você admira no trade? 
Admiro muito a Trade Cristiane Jaime, diretora da Trend, por ser muito batalhadora e ao mesmo tempo sensível com facilidade de entender o que os clientes precisam. Eu me identifico com ela.

4 - Qual a sua perspectiva para o setor?
É preciso trabalhar mais, fazer tomadas decisões e é necessário também o apoio do governo para investimentos em redes internacionais.

5 - Que recado mandaria para as autoridades?
O recado é para que reduzam o impostos e invistam na divulgação do Brasil de maneira mais profissional. 

Qual o papel da mulher no turismo? Que recado você mandaria para as autoridades?

Julie Gil, Analista sênior de produtos na Latam Viagens

1 - Qual a principal dificuldade da mulher nos dias de hoje?
Ter o mesmo salário que os homens. Apesar das mulheres já estarem em cargos de diretoria, a remuneração nunca é igual a dos homens na mesma posição. 

2 - Qual o papel da mulher no turismo?
Não acho que as mulheres têm um papel diferente dos homens.

3 - Que mulher você admira no trade? 
Admiro muito Claudia Sender. É a única presidente mulher de uma companhia aérea.

4 - Qual a sua perspectiva para o setor?
As operadoras têm que se redescobrir e investir cada vez mais no mundo online, se não quiserem ser engolidas pelas OTA,s. 

5 - Que recado mandaria para as autoridades?
Precisamos de investimento para as feiras. A Abav, que sempre foi a mais importante feira do setor no Brasil, está super fraca há uns dois anos.



Lilian Natal, gerente de comunicação da SPTuris

1 - Qual a principal dificuldade da mulher nos dias de hoje?
Conciliar a carreira com a família e interesses individuais e ser devidamente e igualmente reconhecida.

2 - Qual o papel da mulher no turismo?
Não outro que não o mesmo do homem: valorizar esta importante atividade no Brasil, que ainda precisa se desenvolver muito por aqui

3 - Que mulher você admira no trade?
A presidente da Latam, Claudia Sender. É decidida, firme, muito competente e, apesar de trabalhar muito, parece manter um bom equilíbrio com sua vida pessoal e familiar

4 - Qual a sua perspectiva para o setor?
O Brasil é um país incrível e muito atrativo, mas que ainda não chama a atenção e investe como poderia no turismo. Embora devagar, essa perspectiva tem melhorado e acredito que vamos avançar ainda mais rápido nos próximos anos, à medida que a economia seja retomada.

5 - Que recado mandaria para as autoridades?
O turismo é uma atividade geradora de emprego, renda e movimenta muito a economia. Vamos juntos fazer com que o Brasil seja maior!

Qual o papel da mulher no turismo? Que recado você mandaria para as autoridades?

Savia Reis / São Paulo(savia.reis@hosteltur.com)
@saviareis

127 4
4 comentarios.

Sem comentários estão habilitados sobre esta notícia ou notícia velha.

Uso de cookies: Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar la experiencia de navegación, y ofrecer contenidos y publicidad de interés. Al continuar con la navegación entendemos que se acepta nuestra política de cookies.X
noticia 127000_qual-principal-dificuldade-da-mulher-nos-dias-hoje-qual-papel-da-mulher-no-turismo-mulher-voce-admira-no-trade-perspectiva-voce-tem-setor-recado-mandaria-as-autoridades.html 3 91057 00