Anúncio do secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT) revelou que 2017 foi um bom ano para o turismo mundial. Em entrevista à Agência EFE, durante o fórum em Madri, na Espanha, Zurab Pololikashvili, afirmou que o setor cresceu 6% no ano passado e destacou a progressão rápida da China como grande emissora de turistas.

Brasil é o número 1 em atrativos naturais. Crédito: MTur
Brasil é o número 1 em atrativos naturais. Crédito: MTur

Os números e a constatação devem ser motivo de otimismo para quem trabalha ou investe no setor em nível internacional e também doméstico, uma vez que o país recebe turistas chineses e teve, em 2017, aumento de 4,3% no faturamento médio das empresas que atuam com turismo.

“Os bons números do setor apenas reforçam a importância do turismo para economia mundial e mostra que este é um mercado em expansão. E o Brasil tem muito a se beneficiar do aquecimento do turismo, uma vez que reúne atrativos diversos para viajantes locais e internacionais”, comentou o ministro do turismo, Marx Beltrão.

Segundo Zurab Pololikashvili, os números do turismo internacional continuarão em progressão positiva, com um aumento entre 3% e 4% na chegada de turistas estrangeiros no mundo em 2018. Ele também destacou a importância da indústria turística que representa 10% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial e se enquadra no terceiro setor exportador do mundo.

Agência de Notícias de Turismo, com informações da Agência EFE

3 0

Sem comentários estão habilitados sobre esta notícia ou notícia velha.

Uso de cookies: Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar la experiencia de navegación, y ofrecer contenidos y publicidad de interés. Al continuar con la navegación entendemos que se acepta nuestra política de cookies.X
noticia 111100_turismo-internacional-cresce-6-em-2017.html 3 92033 00