Uma delegação palestina estará pela primeira vez na World Travel Market Latin America, em de 4 a 6 de abril no Expo Center Norte, em São Paulo. A iniciativa faz parte dos esforços do destino para aumentar o número de visitantes em 10% em 2017. 

A comitiva incluirá operadoras de turismo palestinas e representantes do Ministério do Turismo e Antiguidades da Palestina. “Vamos convidar profissionais e o público a visitar a Palestina e encontrar um sem-número de patrimônios religiosos, históricos e arqueológicos em suas cidades famosas: Jerusalém, Belém, Jericó, Ramala, Hebron, Nablus e Gaza. Queremos que eles venham e desfrutem da refinada culinária palestina e sintam a cordialidade e a hospitalidade do povo palestino”, Majed Ishaq, diretor de Marketing do ministério.

A delegação tem o objetivo de aprimorar a imagem do destino, realizar networking com operadoras de turismo e analisar as tendências mundiais do setor.

Apesar das dificuldades e dos desafios, o setor de turismo palestino vem crescendo ano após ano. O turismo representa mais de 20% do PIB e gera cerca de 30.000 empregos. As receitas totais do turismo em 2016 superaram US$ 1 bilhão”. Em 2015 foram 2,2 milhões de visitantes, cifra que subiu para 2,3 milhões em 2016. Os turistas chegam via Jordânia ou Israel, sendo que os principais mercados são Rússia, Estados Unidos, Romênia, Índia, Polônia, China, Alemanha, Indonésia, Coreia, Ucrânia, Itália e Egito”, diz Ishaq.  

“A Palestina é um país seguro porque o povo daqui tem a mentalidade de respeitar e receber bem os turistas”, conclui. 

 

Redação Hosteltur Brasil

3 0
Escreva seu comentário

Escreva seu comentário







Notificar sobre as respostas
Uso de cookies: Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar la experiencia de navegación, y ofrecer contenidos y publicidad de interés. Al continuar con la navegación entendemos que se acepta nuestra política de cookies.X
noticia 120800_palestina-recebe-23-mi-turistas-em-2016-destino-estreia-na-wtm.html 3 90998 00